TV por assinatura perde 67 mil clientes em junho, com perdas da Claro

Segundo dados da Anatel, o mercado de TV por assinatura do Brasil fechou o mês de junho com 15,18 milhões de assinantes, 67 mil a menos do que o registrado em maio. O mês de junho foi de queda para o mercado de TV paga, mais desta vez a retração ficou na conta apenas da Claro. Todas as demais operadoras apresentaram saldos positivos de assinantes. 

A Claro perdeu 45,8 mil clientes no cabo e 24 mil no DTH, quase 70 mil a menos, fechando o mês com 7,38 milhões de usuários, sendo 1 milhão via satélite, e o restante na TV a cabo. A Sky cresceu quase 24 mil clientes no mês, para 4,59 milhões de usuários. A Oi cresceu 3,4 mil, para 1,48 milhão, e até mesmo a Vivo TV teve uma pequena ampliação de base de cerca de 540 assinantes, fechando o mês de junho com pouco mais de 1,27 milhão.

A Algar, que está em processo de transição, com sua base (cabo e DTH) sendo oferecida à Sky, perdeu 10 mil assinantes. As outras pequenas operadoras perderam cerca de 15 mil assinantes. De qualquer maneira, durante o período de pandemia, o mercado de TV por assinatura segue registrando quedas, mas menos intensas do que se verificou ao longo de 2019.