SBT comprou direitos de TV do Flamengo para transmitir a final do Campeonato Carioca

O SBT transmitiu nesta quarta-feira a final do Campeonato Carioca, entre Flamengo e o Fluminense com patrocínio de seis marcas: Ambev (Brahma Duplo Malte), Estácio, Havan, Hypera Pharma (Miorrelax), PicPay e Unilever (Shampoo Clear).

No 18 de junho, O presidente Jair Bolsonaro editou nova Medida Provisória (MP), a MP 984, que muda regras sobre direito de transmissão de eventos esportivos, além de flexibilizar contratos de jogadores de futebol com os clubes. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.Sobre os direitos de transmissão, também chamado de “direito de arena”, a MP define que o clube mandante do jogo passa a ter direito exclusivo de vender a exibição das imagens da partida para uma emissora de televisão ou outra plataforma de mídia. Até então, a lei previa que os direitos pertenciam aos dois clubes envolvidos no espetáculo esportivo.  

Desde a publicação oficial da MP, o Flamengo disputou dois jogos como equipe mandante pelo Campeonato Carioca. Um deles foi transmitido gratuitamente pelo FlaTV, seu canal oficial do YouTube, outras redes sociais e a plataforma de streaming MyCujoo e, no segundo, tentou cobrar uma assinatura para os não membros do clube que queriam vê-lo, tanto dentro como fora do Brasil No entanto, o método de pagamento do MyCujoo não resistiu à alta demanda dos interessados ​​em acessar a transmissão, então o Flamengo decidiu habilitar o jogo gratuitamente pelo YouTube.

Os direitos adquiridos pelo SBT autorizaram o canal a transmitir a partida entre Flamengo e Fluminense em todo o Brasil, embora o Flamengo também tenha habilitado, pela terceira vez, a transmissão do evento em seu canal oficial do YouTube.