TV paga cai 0,8% no primeiro trimestre e chega a 18,95 milhões de assinantes

 

O Brasil encerrou o primeiro trimestre de 2016 com 18,95 milhões de contratos de TV por assinatura, segundo os dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A base total teve uma redução de 0,8% (cerca de 162 mil clientes) no trimestre. A queda é menor que a registrada em dezembro do ano passado, que foi de 2,1% trimestral.

 

Apesar de ser o país com o maior número de assinantes na América Latina, a penetração do serviço de TV paga no Brasil é ainda uma das mais baixas da região. Segundo Anatel, em março chegou a 28,45%.

 

O DTH, que tem o maior número de clientes, vem sofrendo um decréscimo continuo. Em setembro de 2015 tinha 59,38% de participação (11,59 milhões de clientes) e fechou o primeiro trimestre com 57,54%, uns 10,90 milhões de assinantes.

 

A TV a cabo registrou 7,86 milhões de clientes (41,46% de market share) e cresceu 0,51%. A fibra também cresceu de 170,7 mil clientes em dezembro para 179 mil em março.

 

Na comparativa com dezembro de 2015, a Cabo Telecom e a Oi foram as únicas operadoras que aumentaram sua base de assinantes de TV no primeiro trimestre de 2016. A Oi cresceu de 1,17 milhões em dezembro para 1,18 milhões em março, como já foi informado pela NexTV News Brasil.  A Cabo Telecom passou de 49,6 mil assinantes para 50,5 mil em março.

 

No final do primeiro trimestre, o grupo Telecom Americas (Net+Claro) registrou 9,85 milhões de clientes (51,97% de participação), SKY (AT&T) finalizou o período com 5,34 milhões (28,19%) e Telefônica (Vivo+GVT) informou 1,78 milhões de clientes (9,39%).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone