TV Cultura do Brasil paralisa projeto de lançar novos canais

Os novos projetos da TV Cultura de um canal musical, um de educação e um terceiro voltado ao acervo da emissora paulista estão paralisados por conta das restrições orçamentárias, disse o diretor-presidente da fundação Padre Anchieta, Marcos Mendonça ao site Telaviva.

 

O diretor disse ainda que a Fundação Padre Anchieta (FPA), mantenedora da TV Cultura, Rá Tim Bum, Multicultura e Univesp TV “congelou” os novos projetos devido a perdas de receitas em suas três fontes orçamentarias de recursos.

 

O governo estadual repassou a Fundação paulista FPA um corte de 15% no ano passado, o mesmo corte feito em 2014. Já são 30% a menos que o governo do Rio não passa a emissora. Mendonça fala que a queda vem também da retração do mercado publicitário.

 

A Fundação contava com uma receita anual de R$ 50 milhões (12, 5 milhões de euros) em serviços prestados a outros órgãos públicos, como a Secretaria Estadual de Educação. Estas receitas caíram para R$ 900 mil (225 mil euros), por conta dos cortes orçamentários das pastas.

 

Mendonça afirma que a questão do endividamento, pelo menos, está resolvida. “Hoje não devemos nada”, conta. Nos últimos anos a emissora reduziu significativamente seu quadro funcional e cortou outras despesas afirma.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone