Telefônica concreta fusão, GVT desaparece, e Vivo absorve seus assinantes no Brasil  

Como previsto, dia 15 de abril se torna o desfecho da união da GVT com a Vivo, agora todos os assinantes da GVT são da Vivo. Com isso a Telefônica/Vivo anuncia essa nova fase de sua estratégia comercial no Brasil, com a adoção de “Vivo” como a única marca nacional. A marca será utilizada para identificar todos os serviços oferecidos pela empresa: TV paga, telefonia e internet móveis, banda larga e telefonia fixa, e serviços digitais. A marca passa a usar a assinatura “Viva Tudo”, representando a ampliação das conexões que as vidas digitais oferecem, informa acessória de imprensa.

 

Os sites da GVT e da Vivo foram unificados como previsto, e o código para realizar ligações de longa distância da GVT, o 25, agora se usa o 15 da Vivo. A central de atendimento para os clientes GVT também mudará de número, de 103 25 para 103 15. Todos os apps da GVT estão renomeados, sendo que o Minha GVT passará a ser chamado de Meu Vivo Fixo. Tire todas as suas dúvidas sobre a fusão neste site.

 

A marca GVT deixa de ser utilizada oficialmente em todo o País e a Vivo consolida sua atuação com oferta completa de banda larga, voz e TV paga. O anúncio é um marco para a empresa porque evidencia a acelerada evolução na integração das duas empresas, iniciada há dez meses, em junho de 2015. A empresa empregou recursos da ordem de R$ 25 milhões (6,25 milhões de euros) para mudança de uniformes, frota, material de vendas, equipamentos, mudanças de fachadas além de operações pontuais de TI e engenharia.

 

“Trabalhamos muito para que a união das empresas realmente trouxesse valor para clientes, colaboradores, acionistas e para o País, que vai receber mais investimentos, já que nos tornamos uma empresa mais forte e capitalizada”, afirma o CEO e Presidente da Telefônica Vivo, Amos Genish.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone