A SES anunciou a captação recorde de sua capacidade satelital para os Jogos Olímpicos em comparação à Olimpíada anterior. Um total de 23 mil horas de capacidade em quatro satélites – NSS-806, SES-4, NSS-7 e SES-3 – foram reservados.

 

“A SES tem fornecido capacidade para os Jogos Olímpicos desde 2000 e estamos satisfeitos com o fato de que a demanda de capacidade satelital para os Jogos Olímpicos do Rio supera, em muito, as edições anteriores”, disse em comunicado Richard Lamb, diretor geral de Serviços de Uso Ocasional da SES.

 

A operadora de satélites serve um total de 10 broadcasters líderes, baseados nos Estados Unidos, Reino Unido, Suíça, Itália, Brasil e Japão. Segundo Lamb, “esta demanda recorde ilustra como as emissoras continuam identificando o satélite como uma forma ideal e de baixo custo para transmitir excelente qualidade de imagem ao vivo de eventos esportivos para milhões de telespectadores do mundo todo”.

 

A empresa tem uma frota de mais de 50 satélites geoestacionários e fornece serviços de comunicação via satélite para emissoras, prestadores de serviços de conteúdo e internet, operadoras de telefonia fixa e móvel, assim como para negócios e organizações governamentais no mundo todo.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone