SES Brasil lançará uma solução VOD sem a necessidade de armazenar todo o conteúdo no STB

A operadora de satélites SES anunciou que está desenvolvendo uma tecnologia para oferecer um novo serviço SVOD via satélite. O sistema vai funcionar com um armazenamento no STB somente dos primeiros minutos de cada vídeo do catálogo, ou seja, quando o usuário decide o que vai assistir, esses primeiros minutos garantem que o resto do streamming chegará sem delay.

O objetivo é dispensar a banda-larga, oferecendo uma solução para as regiões com conectividade baixa que não conseguem carregar um vídeo em HD nos serviços OTT e VOD. SES não esclareceu se esta solução chegará ao resto da América Latina.

A empresa pretende oferecer a tecnologia para seus clientes operadores de DTH e também aos próprios produtores de conteúdo, com algumas modificações já que o objetivo não seria agregar vídeos antigos a um grande catálogo, e sim facilitar o carregamento do conteúdo premiun mais acessado.

SES Brasil lançará uma solução VOD sem a necessidade de armazenar todo o conteúdo no STB

A operadora de satélites SES anunciou que está desenvolvendo uma tecnologia para oferecer um novo serviço SVOD via satélite. O sistema vai funcionar com um armazenamento no STB somente dos primeiros minutos de cada vídeo do catálogo, ou seja, quando o usuário decide o que vai assistir, esses primeiros minutos garantem que o resto do streamming chegará sem delay.

O objetivo é dispensar a banda-larga, oferecendo uma solução para as regiões com conectividade baixa que não conseguem carregar um vídeo em HD nos serviços OTT e VOD. SES não esclareceu se esta solução chegará ao resto da América Latina.

A empresa pretende oferecer a tecnologia para seus clientes operadores de DTH e também aos próprios produtores de conteúdo, com algumas modificações já que o objetivo não seria agregar vídeos antigos a um grande catálogo, e sim facilitar o carregamento do conteúdo premiun mais acessado.