Netflix rebate acusações de operadoras e deixa claro que paga todos os impostos exigidos no Brasil

O sucesso do serviço de OTT Netflix no Brasil tem agitado discussões no setor de televisão paga que geraram queixas em relação ao pagamento de impostos, mas a empresa deixou claro que está em dia com os impostos brasileiros.

Várias operadoras posicionaram o serviço como concorrência desleal durante debates na conferência da Abta (Associação Brasileira de TV por Assinatura) na semana passada, afirmando que por ser parte da Internet as cargas tributárias são menores e o serviço não paga outras taxas como o ICMS (Imposto de Circulação de Mercadoria e Serviços) e o Codecine (Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional), que também obrigaria a empresa a ter uma parcela do conteúdo de origem nacional.

Em resposta, o Netflix afirmou que está baseada no Brasil e paga todos os impostos devidos, e finalizou “sobre o Condecine, aguardamos para trabalhar com a Ancine enquanto eles discutem sobre os serviços de VOD e OTT”.

Netflix rebate acusações de operadoras e deixa claro que paga todos os impostos exigidos no Brasil

O sucesso do serviço de OTT Netflix no Brasil tem agitado discussões no setor de televisão paga que geraram queixas em relação ao pagamento de impostos, mas a empresa deixou claro que está em dia com os impostos brasileiros.

Várias operadoras posicionaram o serviço como concorrência desleal durante debates na conferência da Abta (Associação Brasileira de TV por Assinatura) na semana passada, afirmando que por ser parte da Internet as cargas tributárias são menores e o serviço não paga outras taxas como o ICMS (Imposto de Circulação de Mercadoria e Serviços) e o Codecine (Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional), que também obrigaria a empresa a ter uma parcela do conteúdo de origem nacional.

Em resposta, o Netflix afirmou que está baseada no Brasil e paga todos os impostos devidos, e finalizou “sobre o Condecine, aguardamos para trabalhar com a Ancine enquanto eles discutem sobre os serviços de VOD e OTT”.