Irdeto vai monitorar as transmissões dos Jogos Olímpicos para identificar e combater a pirataria

 

A Irdeto, companhia especializada em soluções de proteção para operadoras de TV paga e OTTs, vai monitorar a distribuição de conteúdo ilegal dos Jogos Olímpicos no Rio, informou à NexTV News Brasil Gabriel Ricardo Hahmann, diretor de vendas da Irdeto para América Latina e o Caribe.

 

O serviço de monitoramento de eventos ao vivo da empresa processa e analisa os dados de todos os principais canais de pirataria online (peer-to-peer, web vídeo, sites de live streaming, cyberlockers, mecanismos de busca e redes de anúncios) e revela os resultados, identificando os principais países que contribuem a manter a pirataria, assim como a base de potenciais assinantes e a receita perdida pelas empresas.

 

A Irdeto já monitorou os downloads ilegais de filmes indicados para o Oscar, dos jogos da Copa do Mundo 2014 no Brasil e da série “Game of Thrones”. Sobre a produção do HBO, a Irdeto revelou, por exemplo, que os brasileiros foram responsáveis pelo maior número de downloads de “Game Of Thrones” no mundo inteiro entre 5 de fevereiro e 6 de abril de 2015.

 

Na Copa do Mundo de 2014, 3,7 mil streamings ilegais de vídeos foram interrompidos pela Irdeto. Isso representou mais de 10 milhões de espectadores ilegais e uma perda de USD 120 milhões para as empresas donas dos direitos de transmissão.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone