Para aproveitar o lançamento do satélite Eutelsat 65 West A no início do ano que vem, a Hughes vai passar a oferecer banda larga via satélite no Brasil, serviço que já conta com 1,3 milhões de clientes nos Estados Unidos. Em abril a companhia já havia comprado toda a extensão da banda Ka do satélite que cobre o país, com alcance de cerca de 4 mil municípios.

Delio Morais, CEO da Hughes no Brasil, afirmou ao portal Tela Viva que a empresa tem planos para os próximos dez anos independente da crise no país e o foco é no mercado consumidor. Primeiramente será oferecido o pacote de banda larga, cujo preço ainda não foi definido, e a venda será por meio de antenistas da TV por assinatura ou operadoras de DTH que não oferecem Internet. Nos Estados Unidos, a DirecTV vende a banda larga da Hughes e essa foi uma possibilidade no Brasil durante algumas negociações com a Sky, que não deram certo após sua venda para a AT&T.

Ainda de acordo com o CEO, a possibilidade da venda da DirecTV/Sky na América Latina pela AT&T adicionou uma nova variável aos negócios da empresa. Ao mesmo tempo, o projeto da Hughes de implementar seu próprio DTH no país (anunciado em 2013) continua engavetado, pois falta um parceiro para distribuir e vender o serviço, e a decisão terá que ser tomada até 2018, quando o satélite com banda Ku adquirido pela empresa estiver concluído. As negociações com possíveis parceiros seguirão, sendo que a companhia já havia conversado com GVT, Oi e Telefônica.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone