Hispasat makes order in the nomenclature of part of its satellite fleet

A empresa espanhola Hispasat anunciou uma reorganização e mudança de nomenclatura em uma parte da sua frota, a fim de facilitar a identificação correspondente à localização e existência cronológica de artefatos. Vão ficar excluídos desse esquema os satélites localizados a 61º Oeste, que vão manter o nome de Amazonas.

 

Conforme relatado pela agência de notícias espanhola Europa Press, Hispasat fez essas mudanças “buscando a máxima coerência” em resposta ao aumento do volume e posições orbitais de seus satélites. A empresa tem nove satélites em operação (cinco deles com cobertura para a América Latina, Brasil) e mais três planejado para serem lançado ainda em 2016 e 2017.

 

Já os satélites localizados a 61º Oeste, será mantido o nome de Amazonas, plenamente consolidado no mercado e bem conhecido por todos os atores do setor se manterão intactos. Entretanto, este momento serviu para reduzir o nome do Amazonas 4A para Amazonas 4, devido à reconversão do projeto Amazonas 4B em Amazonas 5.

 

Deste modo, a frota de satélites ativos da Hispasat vai ficar denominada do seguinte modo: satélite Hispasat 1C passa a se chamar Hispasat 84W-1, o Hispasat 1D para Hispasat 30W-4, o Hispasat 1E para, Hispasat 30W-5. Já o satélite da Amazonas 4A passa a se chamar Amazonas 4, e o Intelsat 34 passa a se chamar Hispasat 55W-2.  As mudanças ocorrerão nos satélites ainda não lançados; Hispasat AG1 para Hispasat 36W-1 e Hispasat 1F passará a se chamar Hispasat 30W-6.