GfK entrega primeira medição de audiência de TV a clientes brasileiros

O instituto alemão de medição de audiência GfK entregou os primeiros números da medição de audiência de TV para dados domiciliares aos clientes nacionais. O primeiro painel divulgado inclui audiência em tempo real e consolidada para as 15 regiões em que a empresa irá operar.

A companhia foi contratada pelas emissoras abertas Record, SBT e RedeTV! junto com a Band, que resolveu romper contrato e mesmo que as partes tenham afirmado que ainda havia negociações em andamento, ela ficou de fora da primeira medição. O painel foi montado baseado em 67 mil entrevistas e composto de 6 mil domicílios abrangendo todas as classes sociais, inclusive comunidades de baixa renda.

Segundo o portal Notícias da TV, embora a GfK tenha dito que envia os dados e as emissoras decidem como divulgá-los, foi pedido que neste primeiro momento seja mantido sigilo por até 15 dias, ou seja, somente os principais executivos tiveram acesso aos dados. A empresa contratou a Ernst & Young para fazer a auditoria externa e depende disso para fazer a divulgação, segundo contrato, o que signigica que além dos cinco meses que se passaram desde a data prevista do início do serviço, ainda podem se somar mais dois ou três meses para começar a divulgação completa.

GfK entrega primeira medição de audiência de TV a clientes brasileiros

O instituto alemão de medição de audiência GfK entregou os primeiros números da medição de audiência de TV para dados domiciliares aos clientes nacionais. O primeiro painel divulgado inclui audiência em tempo real e consolidada para as 15 regiões em que a empresa irá operar.

A companhia foi contratada pelas emissoras abertas Record, SBT e RedeTV! junto com a Band, que resolveu romper contrato e mesmo que as partes tenham afirmado que ainda havia negociações em andamento, ela ficou de fora da primeira medição. O painel foi montado baseado em 67 mil entrevistas e composto de 6 mil domicílios abrangendo todas as classes sociais, inclusive comunidades de baixa renda.

Segundo o portal Notícias da TV, embora a GfK tenha dito que envia os dados e as emissoras decidem como divulgá-los, foi pedido que neste primeiro momento seja mantido sigilo por até 15 dias, ou seja, somente os principais executivos tiveram acesso aos dados. A empresa contratou a Ernst & Young para fazer a auditoria externa e depende disso para fazer a divulgação, segundo contrato, o que signigica que além dos cinco meses que se passaram desde a data prevista do início do serviço, ainda podem se somar mais dois ou três meses para começar a divulgação completa.