DAZN realiza campanha contra pirataria esportiva no Brasil

Segundo informações oficiais da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), as atividades relacionadas à pirataria no Brasil geram perdas equivalentes a R$ 9 mil milhões no ano. Por esse motivo, a plataforma de streaming DAZN, lançada recentemente no Brasil, reuniu as equipes de futebol do país que jogam a Copa e Recopa Sul-Americana para realizar uma campanha educativa contra a pirataria de jogos que são mostrados na plataforma.

Times como Athlético Paranaense, Atlético Mineiro, Botafogo e Corinthians iniciaram uma campanha como o objetivo de incentivar seus torcedores a se assinaram no OTT, e evitar o uso de links de transmissão ilegal  para ver os jogos das equipes de graça. A empresa britânica Muso afirmou, por meio de uma pesquisa, que o Brasil ocupa o quarto lugar no consumo de conteúdo ilegal pelo internet.

“Acessos dessa natureza não só trazem enormes prejuízos aos clubes brasileiros, que não conseguem medir corretamente o público dos jogos, mas também podem arruinar a experiência dos torcedores durante a transmissão do jogo”, diz nota divulgada pelos clubes.