Brasil é vigésimo no ranking e Tim tem a melhor banda larga para assistir ao Netflix

O serviço de streaming de vídeos Netflix atualizou o ranking mundial de velocidade de acesso banda larga –do mês de agosto- e mostrou que, no Brasil, o serviço Live Tim (ultra banda larga de fibra óptica) da Tim é o mais rápido para transmitir o conteúdo, com velocidade de 3,5 Mbps, seguido pela banda larga da GVT, com 3,36 Mbps de velocidade.

A média deste mês da Tim foi a melhor desde o início das medições em janeiro de 2014. Em terceiro lugar ficou o serviço Net Virtua da Net com 3,18 Mbps de média de velocidade, seguido por Algar, com 2,54 Mbps, Oi Velox com 1,95 Mbps, e Vivo com 1,29 Mbps.

O mês anterior apresentou a mesma ordem de operadoras e, enquanto a Vivo teve em agosto seu pior desempenho até agora, a Net Virtua continua crescendo e se aproximando dos líderes. No ranking mundial, a velocidade média do Brasil de 2,71 Mbps colocou o país em vigésimo em uma lista com 28 países, sendo que os mais velozes, Bélgica, Luxemburgo e Holanda, tem média acima de 4 Mbps.

Brasil é vigésimo no ranking e Tim tem a melhor banda larga para assistir ao Netflix

O serviço de streaming de vídeos Netflix atualizou o ranking mundial de velocidade de acesso banda larga –do mês de agosto- e mostrou que, no Brasil, o serviço Live Tim (ultra banda larga de fibra óptica) da Tim é o mais rápido para transmitir o conteúdo, com velocidade de 3,5 Mbps, seguido pela banda larga da GVT, com 3,36 Mbps de velocidade.

A média deste mês da Tim foi a melhor desde o início das medições em janeiro de 2014. Em terceiro lugar ficou o serviço Net Virtua da Net com 3,18 Mbps de média de velocidade, seguido por Algar, com 2,54 Mbps, Oi Velox com 1,95 Mbps, e Vivo com 1,29 Mbps.

O mês anterior apresentou a mesma ordem de operadoras e, enquanto a Vivo teve em agosto seu pior desempenho até agora, a Net Virtua continua crescendo e se aproximando dos líderes. No ranking mundial, a velocidade média do Brasil de 2,71 Mbps colocou o país em vigésimo em uma lista com 28 países, sendo que os mais velozes, Bélgica, Luxemburgo e Holanda, tem média acima de 4 Mbps.