Banda larga fixa foi o único serviço que cresceu em 2016 no Brasil

A base de usuários de banda larga adicionou 1,104 milhão de novos clientes em 2016, o que representou um crescimento de 4,33% na comparação com 2015. Segundo Anatel, a banda larga fixa foi o único serviço de telecomunicações que registrou crescimento em 2016 no Brasil, fechando o ano com 26,586 milhões de clientes.

No entanto, de novembro de 2016 a dezembro de 2016, o serviço apresentou queda de 0,58% no número de contratos no país.

A Tim (Telecom Italia) liderou a ampliação na base de assinantes ano passado com 29,04%, seguida pela Sky com 17,46% e a prestadora Cabo com 14,38% de crescimento.

De novembro a dezembro de 2016, as prestadoras Tim, Cabo e Algar registraram o maior crescimento no número relativo de usuários.

A tecnologia DSL continuou sendo a mais usada pelos brasileiros com 13,38 milhões de usuários, seguida pelo cabo com 8,58 milhões e a fibra ótica com 1,73 milhão. Durante o ano passado, a fibra registrou o principal crescimento, 33,61% da base de usuários.  De novembro para dezembro também manteve a liderança com adição de 2,01%.

No ano passado, a telefonia móvel perdeu 13,7 milhões de acessos (-5,33%). A TV por assinatura teve uma redução de 311,4 mil assinantes (-1,63%). A telefonia fixa manteve a tendência de queda registrada em outros anos. As autorizadas registraram diminuição de 6,30%, menos 1,148 milhão de linhas. E as concessionárias menos 2,74%, queda de 696,6 mil.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Print this pageEmail this to someone