Bahia já é o terceiro Clube brasileiro a acertar com o Esporte Interativo para 2019

Esta semana o Atlético PR fechou com o canal de TV por assinatura da Turner – Esporte Interativo, e ontem, 3, o Esporte Clube Bahia assinou os direitos de transmissão de TV paga para o Brasileirão de 2019 com o Canal Esporte Interativo. O clube baiano receberá R$ 40 milhões (9,5 milhões de euros) em luvas pela assinatura do contrato assim como o Atlético PR.

 

O Bahia, time de maior torcida do Nordeste, segundo última pesquisa do Datafolha, divulgou em nota para a imprensa, confirmando a decisão aprovada em reunião da diretoria e do conselho deliberativo na última quarta-feira (2). O contrato com o EI será entre 2019 e 2024, ou seja, cinco anos.

 

O Bahia se junta ao Santos e Atlético PR que negociaram seus direitos de TV fechada do Brasileirão com o Esporte Interativo. O canal tem um acordo (ainda não oficializado) com o Santos, e já confirmado com o Atlético PR. O EI, colocou como meta de no mínimo ter 8 clubes até 2019 para manter o negócio das transmissões esportivas. Seguem negociando; Coritiba, Internacional, Santa Cruz, Ceará e Figueirense. Já Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória teriam fechado com a Globo. Já o Flamengo, Palmeiras e Grêmio estão negociando com ambas.

 

Assim como fez com o Atlético PR, o canal esportivo da Turner confirmou o acerto nas redes sociais com bastante euforia, já que o EI transmite a Copa Nordeste com exclusividade e o Campeonato Baiano por 7 anos. O Esporte Interativo novamente provocou a Rede Globo dizendo que “a revolução do futebol brasileiro está em andamento”, além de o Bahia estar “ajudando a acabar com um monopólio de mais de 20 anos no futebol brasileiro” – referindo a empresa carioca. As “hashtag” dominaram as redes: #oNordesteMerece, #2019NoEsporteInterativo #quemSeraOproximo.