A Vivo continua sua expansão de FTTH e IPTV e já tem 10 milhões de HPs no Brasil

Em seu reporte de resultados do Q3 2019, a Vivo informou que adicionou 33 novas cidades a sua rede FTTH entre janeiro e setembro, que, até agora, somam 154, levando em consideração as outras 121 onde implantou FTTH em 2018. No Q3 2019, a empresa teve mais de 10 milhões de HPs no país.

As receitas de FTTH e IPTV representam 20% da receita fixa da empresa. Segundo o reporte, as receitas da empresa em FTTH durante o Q3 2019 foram de R$531 milhões, e as do IPTV totalizaram R$ 227 milhões, o que representa um aumento nas receitas de ambos setores em relação ao Q3 2018, em 44% e 26%, respectivamente.

A Vivo também informou que durante o Q3 2019, 49% do acessos à TV por assinatura no país foram por IPTV, Durante o período, 681 milhões de acessos foram registrados, ou seja, 27% mais do que os 536 milhoes registrados no Q3 2018. Além disso, o ARPU de TV paga também foi aumentando. O Q3 2019 teve um total de R$ 105,7, um 4% mais que no Q3 2018.

No Q3 2019, a rede FTTH da Vivo somou novas cidades, como a  Alvorada (Rio Grande do Sul); Aracaju (Sergipe); Camboriú (Santa Catarina); Colatina (Espírito Santo); Contagem (Minas Gerais); Guaíba (Rio Grande do Sul); Jaguariúna (San Pablo); Lajeado (Rio Grande do Sul); Linhares (Espírito Santo); Mineiros (Goiás); Paranavaí (Paraná) e Pirassununga (São Paulo).

Luiz Bento Da Silveira, Senior Product Manager da Vivo, é um dos speakers confirmados na próxima edição da Nextv Séries Brasil, conferência líder organizada pela Dataxis, no 4 de dezembro próximo no Maksoud Plaza Hotel, em São Paulo.